Menu

Notícias

Projetos da Exposição Pedagógica 2017 ganham destaque em vários portais locais

Data: 22 de setembro de 2017

Vários projetos da 26ª Exposição Pedagógica, que neste ano trabalha o respeito às diferenças, chamaram a atenção de vários portais locais, como a Tribuna do Norte.

Confira as matérias a seguir:

Escola explora relações de gênero em Exposição Pedagógica

Como forma de estimular o respeito às diferenças, alunos da Casa Escola propõem discussões sobre a diversidade neste final de semana.

Em tempos de debates sobre as mais diversas liberdades, o Instituto Educacional Casa Escola trouxe as discussões para dentro da sala de aula e propôs como temática da sua 26ª Exposição Pedagógica à diversidade. Dentre os trabalhos, serão apresentadas, por exemplo, reflexões sobre a diversidade de gênero nas brincadeiras, pelos alunos do 2º ano, e sobre o papel da mulher na sociedade contemporânea, pelo 3º ano.

O evento, que será aberto na tarde desta sexta-feira, 22, e segue até a manhã do sábado, 23, é aberto ao público e conta com a participação de todos os alunos da instituição, orientados pelos professores e acompanhados por toda a comunidade escolar. O tema central da Exposição também engloba a diversidade de famílias, culturas e de bairros, dentro do contexto da cidade do Natal.

O objetivo dos alunos do 2º ano é refletir sobre a diversidade de gênero nas brincadeiras, a fim despertar os alunos para inclusão de meninos e meninas nos brinquedos e brincadeiras destinados culturalmente a um gênero específico. A proposta é desmistificar, por exemplo, a ideia de que a brincadeira com bola é exclusiva para garotos e que bonecas são brinquedos para as garotas. Já o trabalho do 3° ano reconhece as recentes mudanças da situação da mulher na família e no mercado de trabalho, e tem como objetivo fazer com que os estudantes compreendam que todas as pessoas, independentemente do sexo ou gênero, têm os mesmos direitos e deveres.

Dentre os trabalhos, os grupos I e II do turno matutino se debruçaram sobre a diversidade no âmbito familiar. Os alunos tiveram como objetivo conhecer e discutir as novas configurações familiares e como é possível integrá-las à sociedade contemporânea. A cultura africana, a música brasileira, as diferenças no continente americano e o livro “As Mil e Uma Noites”, que reúne relatos centenários da cultura árabe, também serão trabalhados pelos alunos, preenchendo o mosaico da diversidade a que a exposição pedagógica se propõe.

Exposição Pedagógica

Longe de ser meramente uma feira de ciências na qual os alunos apresentam trabalhos padronizados, a Exposição Pedagógica mostra o resultado de um caminho de aprendizado. “O percurso se inicia a partir da escolha de um tema a ser trabalhado com toda a escola desde o início do ano. Este ano, o tema que julgamos relevante para o debate é a diversidade. Os alunos pesquisam e a equipe pedagógica exerce a função de orientar, intervir e incrementar”, explica a diretora da escola, Priscila Griner.

O evento também conta com encenações teatrais e oficinas de música, além de ser comemorado, na ocasião, o aniversário de 34 anos da Casa Escola, conferindo um ar ainda mais especial para o momento. “A ideia é promover a construção do conhecimento tendo como gancho o respeito às diferenças e a inclusão”, explica Priscila Griner. As exposições são abertas ao público em geral.

Fonte: Assesso RN  

Diversidade

Em tempos de intolerância, a Casa Escola abre hoje a 26ª Exposição Pedagógica, que terá como temática principal a diversidade. Alunos vão explorar sobre gêneros, lugar da mulher na sociedade, novas famílias e diversidade cultural, a partir das 16h, aberta ao público.

Fonte: Tribuna do Norte  

← Voltar